Estamos preparados para o retorno às aulas presenciais?

O Governo de Moçambique vai reabrir escolas para o retorno às aulas presenciais, durante o decurso do estado de emergência, anunciou o Presidente da República, Filipe Nyusi, aquando da prorrogação do estado de emergência, a 28 de Junho passado.

Estamos preparados para o retorno às aulas presenciais?

A maioria das escolas públicas em Moçambique não reúne condições que garantam o cumprimento das medidas de prevenção da propagação do coronavírus. As salas de aulas não têm espaço para a observância do distanciamento social. Os sanitários não têm água corrente e as condições de higiene são deploráveis. Muitas escolas não têm, sequer, fonte de água para a lavagem das mãos.

O Centro de Integridade Pública (CIP), enquanto reconhece a necessidade das crianças continuarem a aprender, defende que as escolas públicas moçambicanas não reúnem condições para a retoma das aulas presenciais. O Governo não investiu no melhoramento das condições de higiene nas escolas. Reabrir escolas públicas para aulas presenciais é expor a comunidade escolar (alunos, professores, funcionários ) e as famílias a alto risco de infecção pelo coronavírus. Nas condições actuais, as escolas moçambicanas serão foco de transmissões do coronavírus!

Para chamar à atenção do Governo, dos professores, dos pais e encarregados de educação, o CIP inicia uma campanha denominada “Preparados para o retorno às aulas?”. Passamos a publicar imagens (fotos e videos) de escolas públicas, em todo o país, captadas por cidadãos voluntários.

CIP

Loading...

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *