Quatro mortes em apenas dois dias de campanha eleitoral

O número de mortes em actividades ligadas à campanha eleitoral sobe para quatro. Para além dos dois casos reportados ontem pelo Boletim, mais dois casos sucederam em Manica e Zambézia.

O   primeiro deu-se no distrito de Gilé, Zambézia, onde um simpatizante da Frelimo perdeu a vida após um embate entre a motorizada em que se fazia transportar e um camião quando seguia a caravana do seu partido, no dia 1 de Setembro. O malogrado foi evacuado para o hospital e mais tarde veio a perder a vida.

O segundo aconteceu no distrito de Sussundenga, Manica, onde um cidadão perdeu a vida após um acidente entre duas bicicletas ocorrido durante  a campanha da Frelimo, no dia 31 de Agosto. O acidente aconteceu quando dois simpatizantes que seguiam a caravana da Frelimo embateram-se, tendo um contraído ferimentos ligeiros e outro perdido a vida horas depois, apurou o Boletim.

Nota-se que a forma como decorre a campanha eleitoral nos primeiros dois dias é de uma total desordem. Não são respeitadas as mínimas regras de trânsito e a polícia nacional não garante ordem pública e segurança dos cidadãos.

CIP Eleições

Loading...

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *