Ossufo Momade ameaça colocar militares “Rangers” para travar fraude no dia da votação

A Renamo ameaça activar os seus “rangers” para frustrar o plano da Frelimo, de trazer cidadãos zimbabweanos e sul-africanos no dia da votação para votarem fraudulentamente na Frelimo, e também para travar os grupos das forças de defesa e segurança que estão sendo preparados para juntos das mesas de votação criarem distúrbios por forma a facilitarem o enchimento de urnas e de anularem o voto da Renamo, disse Ossufo Momade, hoje dia 04 de Outubro.

Temos conhecimento de que no dia da votação vão entrar nas áreas autarquias cidadãos que residem fora das autarquias assim como de cidadãos zimbabweanos e sul-africanos para votarem fraudulentamente na Frelimo.

Temos igualmente conhecimento de que estão sendo preparados grupos das forças de defesa e segurança para juntos das mesas de votação criarem distúrbios por forma a facilitarem o enchimento de urnas e de anularem o voto da Renamo.

Face à gravidade disso, queremos apelar ao partido Frelimo, aos observadores, confissões religiosas e a comunidade internacional a desencorajar esta pretensão porque nós estamos atentos.

Se a Frelimo não der ordens aos seus camaradas para pararem com esse plano não teremos outra alternativa senão ordenarmos aos nossos rangers para frustrar essa intenção.”  Ossufo Momade, Coordenador da Comissão Politica da Renamo

CIP

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *