Azagaia criticado por não apoiar mais o MDM e nem Daviz Simango

O rapper moçambicano de intervenção social, Azagaia, tem recebido críticas por parte dos internautas pelo facto deste não apoiar mais o partido MDM e nem ao seu presidente, Daviz Simango.

Leia a resposta do músico abaixo:

“Muitos incomodam-se porque já não apoio o #MDM. É verdade, eu já não apoio o #MDM, nem o Daviz Simango. Tenho os meus motivos, da mesma maneira que um dia acreditei na #Frelimo, mas já não acredito. Para a vossa informação, eu participei na campanha presidencial de Armando Guebuza em 2004. Na altura eu caí que nem um patinho, mas quando deixei de concordar com o presidente, virei-me contra a governação dele e mostrei em 2007 no #Babalaze. Eu sou livre de acreditar ou deixar de acreditar. Não sou escravo de ninguém, apenas de Deus. Muitos querem que as eleições aconteçam a bem ou a mal porque têm medo da instabilidade no país. Têm medo de por causa dela, perderem o emprego e as boladas. Têm medo de perder tudo o que conquistaram justa ou injustamente. E a maior parte dos que pensam assim, vivem nas cidades. É justo! Mas eu sou daqueles que se não for para fazer bem feito, então é melhor não fazer. 

Vocês que vão votar, depois de votarem vão voltar para as vossas vidas. Poucos irão fiscalizar o que o candidato que votou está a fazer no seu mandato. E desse poucos, nenhum vai fazer nada de concreto (a não ser falar pelos cantos) para tentar impedir uma irregularidade. Muitos vão esperar a iniciativa da Liga do Direitos Humanos ou então a do próprio Azagaia. A maioria vai procurar uma forma de ganhar com essas irregularidades. Quase ninguém irá pedir contas ao governo eleito, já que a maioria pertence a um partido e não tem direito a opinião fora do partido. São escravos do partido. E quando o governo eleito mandar a FIR bater na população injustiçada, muitos dos que vão votar, vão ficar dentro de casa a ver o sofrimento dos outros pela televisão. 

Afinal de contas, estão a votar para quê? É só voto e esperar passarem 5 anos para votar de novo? Para vocês, democracia é isso? Isso é que é o povo no poder? As leis eleitorais foram violadas. Ninguém reclamou. Já agora, alguém conhece as leis eleitorais? Ou isso não interessa, basta votar. A campanha eleitoral começou muito antes do tempo estipulado pela lei. As televisões e os jornais são cúmplices disso. Dizem que são privados. É por isso que se metem em assuntos públicos sem responsabilidade para com o público? Afinal de contas, por que fazem essas leis, se ninguém as cumpre? E pior, ninguém paga por isso. O próprio #STAE fica 4 anos parado em vez de ensinar aos jovens a razão e significado do voto. Em vez de ensinarem o que é um sistema democrático. Querem ensinar isso a faltarem 2 meses para as eleições? Esquecem-se que a maioria dos Moçambicanos mal sabe ler e interpretar um texto? Esquecem-se ou fazem-se de esquecidos. Estamos aqui a brincar ou o quê? É só para a comunidade internacional ver e abençoar?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *