Homens armados da Renamo atacaram fortemente hoje no troço Nhamapadza-Caia

A tensão político-militar tende a agudizar-se no país.

Informações de Última hora dão conta de que homens armados da renamo atacaram fortemente hoje a coluna de civis escoltada por militares (FDS) no troço Nhamapadza-Caia.

As Forças de Defesa e Seguranca (FDS)  e os demais que seguiam na coluna foram surpreendidos por uma chuva de tiros saído das matas, de prontidão os militares reagiram para afugentar os “Rangers” iniciando assim um forte  confronto, depois de alguns minutos os homens liderados por Afonso Dhlakama  puseram-se em fuga e a  coluna continuou com a viagem, ate então não há relatos de vítimas mortais.

Por conta desses ataques perpetrados pelos homens de “farda verde” o comboio de passageiros  dos Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM) que partiu da província de Tete ainda se encontra parado em Caia, distrito da província de Sofala  a espera de segundas ordens porque há rumores que dão conta de que os “Rangers” atacaram um comboio de carvão e presume-se que ainda estejam la nas matas.

“Nunca mais farei viagens de carro nesse troço enquanto a renamo e a frelimo não se entenderem”– disse um dos passageiros que presenciou a cena de terror.

Só de frisar que nas últimas semanas já foram relatados muitos ataques na região centro de Moçambique.

 

6 Comments

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *