Esta terça-feira esteve em tribunal de Brooklyn, em Nova York, Surjan Singh, antigo director na Credit Suisse, que ajudou a mobilizar o financiamento das dívidas ocultas e contou