O julgamento do caso de agressão a Josina Machel, filha do primeiro Presidente da República, Samora Machel, e da activista Graça Machel, foi adiado para Janeiro. O