O Japão congelou 100 milhões de dólares e doações e empréstimos a Moçambique devido ao escândalo centrado na contracção de empréstimos não declarados por parte de empresas públicas.