Desconhecidos ainda à monte atacaram ,nesta quinta-feira, uma das empresas do líder do maior partido da oposição de Moçambique, Afonso Dhlakama denominada CENO que se dedica ao corte e processamento