O adiamento da sessão extraordinária da Assembleia da República, que havia sido agendada para Julho, visando a aprovação da nova legislação eleitoral, tem suscitado preocupação em torno da