Presidente da República autoriza 5000 espectadores para apoiarem os Mambas no Zimpeto

O Presidente da República, Filipe Nyusi, autorizou a presença de cinco mil espectadores nas bancadas do Estádio Nacional do Zimpeto para presenciarem o jogo a realizar segunda-feira, 16 de Novembro, entre Moçambique e Camarões, a contar para a 4ª jornada do Grupo F, de qualificação ao CAN-2021. Nyusi frisou que esta autorização pode ser um ensaio para que os jogos dos Campeonatos Nacionais tenham também publico, dependendo para tal o comportamento dos amantes do desporto que se fizerem ao estádio.

Por Alfredo Júnior

Após o pedido efectuado pela Federação Moçambicana de Futebol seguido do anuncio feito pela Confederação Africana de Futebol de que o jogo teria apenas 200 espectadores, eis uma boa nova para os fans dos Mambas que poderão adquirir cinco mil ingressos para presenciarem este jogo.

“Tivemos autorização para admitir mais espectadores no jogo, sabe-se que a autorização que a CAF está a fazer agora é da presença de 200 espectadores, mas porque o comportamento dos moçambicanos e a da Covid-19 no nosso país é reconhecido ao nível internacional tivemos autorização para a presença de cinco mil espectadores. Como governo vamos permitir a Federação para se organizar e se estruturar para podermos permitir a presença de cinco mil espectadores que fomos autorizados. Queria apelar para que ajudemos a federação na organização que está a fazer, toda gente deve estar com máscaras, deve haver distanciamento e devemos controlar os ânimos se estivermos a ganhar ou se estivermos a vencer. Temos que estar todos juntos, a apoiar a nossa equipa que é dos moçambicanos, uma mensagem extensiva à nossa selecçāo de basquetebol que está a preparar-se para a empreitada quem vem aí”

O Presidente da República frisou que esta autorização pode servir de ensaio para a futuras decisões sobre a presença do público nos jogos das mais diversas competições do pais, com particular destaque para o Moçambola cuja data de início está prevista para o dia 5 de Dezembro próximo.

“A mensagem principal é que nós os moçambicanos devemos estar organizados e devemos dar exemplo ao mundo no tempo da Covid-19, obedecendo o distanciamento físico, devemos estar com máscaras e higienizarmos as nossas mãos sempre com álcool podemos fazer o desporto, aliás quando falei com a direcção da Secretaria de Estado do Desporto disse que este é um teste para as futuras empreitadas que se seguem no nosso campeonato, se o nosso comportamento for devidamente observado poderá ajudar-nos para tomar as devidas decisões porque os moçambicanos devem saber quanto é difícil para o Governo decidir pelo não, que é muito pesado, para nós o sim é melhor”, disse Filipe Nyusi.

Filipe Nyusi comentou o resultado do jogo Camarões – Moçambique, em que os Mambas perderam por 4-1, afirmando que o mesmo não constitui motivo para desânimo tanto para os jogadores, assim como para os adeptos da selecçāo nacional de futebol.

“Não fiquei muito feliz com a palavra desaire dos jovens, pois em competições é possível obter três resultados. Sempre gostamos da vitória, mas podemos empatar e mesmo não ganhar. Já sabíamos que sempre teríamos um desses resultados, continuemos a encorajar a nossa juventude que não competiu, mas mesmo assim preparou-se para ir fazer esse jogo e pelos vistos não foi tao mau. Queria dar força a juventude que na segunda-feira vai voltar a jogar”, comentou Filipe Nyusi.

Refira-se que os cinco mil bilhetes estarão a venda a partir deste domingo, 15 de Novembro, na sede da Federação Moçambicana de Futebol, ao preço único de 300 Meticais.

Fonte: LANCEMZ

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *