Guerrilheiros da RENAMO acantonados nas matas da Gorongosa exigem demissão do líder Ossufo Momade

Homens armados da Renamo, acantonados nas matas da Gorongosa em Sofala, anunciam para 10 de Julho um movimento militar para retirar Ossufo Momade da presidência do partido. O general Mariano Nhongo, antigo estratega de Afonso Dhlakama, adverte que os homens armados não vão entregar as armas caso Ossufo Momade mantenha-se na liderança do partido.

O general Mariano Nhongo, que falou à nossa reportagem na serra daGorongosa, acusou Ossufo Momade de ter afastado três generais e ordenado a sua detenção em diferentes quartéis sem motivos justificáveis e diz ainda que teriam sido excluídos da lista do processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração.

O general Mariano Nhongo vai mais longe e afirma que reina um ambiente de descontentamento e perseguições dos comandos que trabalharam directamente com Afonso Dhlakama por falta de liderança credível no seio dos homens armados.

Miramar

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *