Nyusi pede ajuda a seis países para ajudar a desmilitarizar Renamo

Durante o balanço da visita ao Vaticano, o Chefe de Estado, Filipe Nyusi anunciou que já convidou seis países, sem no entanto revelar os nomes, que vão ajudar no processo de desarmamento, desmilitarização e reintegração dos homens armados da Renamo.

Na ocasião, o presidente da República (PR) prometeu de tudo fazer para que o Papa Francisco visite Moçambique e encontre o país em paz efectiva.

Para tal, Filipe Nyusi diz que alguns passos já foram tomados nos últimos dias para o desarmamento da Renamo.

O País

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *