Segundo o Jornal (Canalmoz) – A cidade de Maputo acordou com as principais paragens dos transportes semicolectivos de passageiros, tomadas pela Unidade de Intervenção Rápida (FIR) na sequência