É um feito que engrandece o desporto moçambicano, no geral, e futebol, em particular. Muhammad Sidat irá integrar de forma permanente os quadros da Confederação Africana de Futebol