A Bancada do partido Frelimo na Assembleia Municipal da Beira (AMB) declarou, em conferência de imprensa, estar surpreendida “com uma acção que consideramos de ilegal: agravar a tarifa