Músico albino luta pela inclusão. Ali Faque foi rejeitado e abandonado na rua pelo pai, por ser albino.Recuperado pela mãe, cresceu, em Nampula, no meio de limitações. Por