” Estado moçambicano vive de aparências ” ‐ disse Gilberto Mendes (Retrospectiva – 2017)

O actor, empresário e ex‐político moçambicano Gilberto Mendes teceu francas críticas ao modus operandi do Estado moçambicano em relação à extrema dependência externa ao longo dos anos, sendo ausente um espírito de auto‐desenvolvimento.

 Mendes, que falava num debate da sociedade civil sobre a crise económica, alertou para a tendência de as lideranças confundirem os parceiros externos com amigos, esquecendo‐se da questão do interesse.

“Gritámos tanto que tínhamos recursos e agora temos parceiros que não são necessariamente nossos amigos. São pessoas que estão interessadas nos nossos recursos… Nós sempre tivemos isso de viver de aparências. Nunca nos passou pela cabeça que podíamos, em algum momento, descer à terra”, desabafou Mendes, citado pelo OP.

O debate  foi organizado pela Associação Nacional dos Jovens Empresários, e envolveu figuras de peso na sociedade civil, entre elas Ana Rita Sithole, José Jaime Macuane, Anastácio Chembeze, Flávio Quembo e Fernanda Massarongo.

Mozlife

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *