Neutralizados oito jovens disfarçados de militares

Loading...

Jovens disfarçam-se de militares e infiltram-se no exército nas cerimónias oficiais do dia das FADM em Quelimane

Jovens disfarçam-se de militares, ontem em Quelimane, na Zambézia, e integraram o exército que participou das cerimónias oficiais do dia das Forças Armadas de Defesa de Moçambique. Em número de oito, os jovens trajaram fardamento militar e só foram descobertos pela má execução técnica da marcha.

No grupo de infiltrados, dois eram militares desmobilizados e seis estudantes da Escola Secundária 25 de Setembro, instituição que proporciona, anualmente, marchas aos seus estudantes, juntamente com militares do exército, no quadro de um memorando que existe entre a escola e as forças armadas. Os estudantes pretendiam juntar-se à marcha sem nenhuma autorização e com fardas militares.

O regulamento das forças armadas indica que ainda que alguém seja desmobilizado, não tem direito de trajar a farda.

O País

Loading...

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *