Jorge Ferrão “afina” as maquinas na UP

O reitor da Universidade Pedagógica (UP), Jorge Ferrão Como primeira medida após assumir as pastas,  anunciou a abolição dos ingressos directos a aquela instituição de ensino superior sem a que os candidatos tenham passado pelo exame de admissão.

O antigo Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrão diz estar preocupado com a formação de quadros  de qualidade e não  quantidade.

Ferrão anulou através de do despacho, numero 49/GR/020.1/UP/2016, as cláusulas de instrumentos de cooperação assinados entre esta universidade e os seus parceiros que conferiam o ingresso directo aos cursos de graduação, justificando que as medidas feriam o princípio constitucional de igualdade no acesso ao ensino superior.

O reitor da UP foi ainda mais longe ao referir que tal prática torna o processo selectivo e quase discriminatório, quando não existe naquela instituição nenhuma politica ou regulamento interno que estabeleça o como e a quem se confere tal direito de ingresso aos cursos de graduação.

Fonte: Folha de Maputo

Loading...

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *