Novo Presidente gambiano quer o país de volta ao Tribunal Penal Internacional

A garantia foi avançada pelo presidente da Gâmbia, Adama Barrow à Comissão Europeia e contraria a formalização da saída da Gâmbia deste tribunal internacional, cuja função principal é julgar crimes contra a humanidade, iniciada pelo ex-Presidente Yahya Jammeh. O TPI foi criado em 1998, pelo Estatuto de Roma e iniciou funções formalmente em 2002, tendo funções essenciais substanciadas nos seus estatutos: crimes contra a humanidade, crimes de genocídio, crimes de guerra e crimes de agressão…

"Novo Presidente gambiano quer o país de volta ao Tribunal Penal Internacional"