No Iraque, um instrutor de homens-bomba morreu e matou 21 alunos quando explodiu, por acidente, o material que usava como demonstração. Os terroristas eram do grupo sunita ISIS