Professor de homens-bomba morreu e matou 21 alunos quando detonou acidentalmente explosivos presos ao corpo

No Iraque, um instrutor de homens-bomba morreu e matou 21 alunos quando explodiu, por acidente, o material que usava como demonstração. Os terroristas eram do grupo sunita ISIS (Estado Islâmico do Iraque e Síria), que combatem grupos xiitas no Iraque e têm actividades na Síria. Segundo o The New York Times, a aula sobre atentados suicidas ocorria em uma área rural na província de Samara. O jornal diz que ele explodiu, sem querer, um cinto…

"Professor de homens-bomba morreu e matou 21 alunos quando detonou acidentalmente explosivos presos ao corpo"