A ferramenta inovadora foi apresentada na semana passada pela Universidade de Waterloo, na Bélgica. Como alternativa ao preservativo – não enquanto método contracetivo mas apenas de proteção contra