Mcel funciona com licença fora de prazo há três meses

A operadora de telefonia móvel, Mcel, está desde Maio último a funcionar sem licença do Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique (INCM), o que pode custar a esta empresa cerca de USD 40 milhões. A Mcel deveria ter renovado a sua licença até 31 de Maio deste ano. Neste momento, está a funcionar fora de prazo da licença atribuída há quinze anos, segundo noticia o Jornal O País. Apesar disso, o director-geral do INCM, Américo Muchanga,…

"Mcel funciona com licença fora de prazo há três meses"