A água que sobra das lavagens de restos mortais nas diferentes morgues do país está ser vendidas em conivência com alguns funcionários para efeitos de superstição, escreve o