Coisas do primeiro mundo – Nini Satar Sempre tenho dito que os dirigentes africanos carregam aquele semblante horrível porque não se distraem. Não vivem a vida. Ela é