Jovem angolano desenvolve electricidade através de frutas estragadas

JOVEM ANGOLANO DESENVOLVE ELECTRICIDADE ALTERNATIVA ATRAVÉS DE FRUTAS ESTRAGADAS Miguel Pereira Agostinho, de 24 anos, vive na aldeia de Kamuanasala, no município de Nambuangongo, província do Bengo, desenvolveu um projecto que pode ajudar os empresários locais a substituir correntes hidroeléctricas por frutas estragadas, e usa o mamão para as cargas negativas.  Dentre outros protótipos em carteira, o ‘Cientista’, que trabalha com 19 crianças, tem o balde de lixo inteligente e programação dos sensores a qualquer…

"Jovem angolano desenvolve electricidade através de frutas estragadas"