Renamo, partido este liderado por Afonso Dhlakama denunciou, ontem, alegados casos de “provocações” protagonizadas pelas Forças de Defesa e Segurança, que podem minar o prosseguimento das tréguas acordadas