Detido um dos recrutadores para ataques no Norte do país

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, anunciou hoje a detenção de um cidadão estrangeiro com negócios no Norte do país por ser um dos suspeitos de recrutar e instrumentalizar jovens para atacar aldeias na província de Cabo Delgado. “Um dos que enganam as crianças, nós apanhámo-lo. Eu até o queria trazer aqui, hoje, mas o meu ministro diz que está detido em Nampula”, capital provincial, referiu o chefe de Estado num comício popular perante centenas…

"Detido um dos recrutadores para ataques no Norte do país"

Emboscada da última semana no norte de Moçambique matou cinco militares

Cinco militares em patrulha automóvel, entres os quais um oficial, morreram durante uma emboscada feita por um grupo armado na província de Cabo Delgado, norte de Moçambique, na quinta-feira, disse hoje à Lusa uma fonte das autoridades locais. De acordo com os detalhes do confronto, noticiado pela Lusa na sexta-feira, os agressores colocaram um tronco no caminho da patrulha, numa estrada em terra batida na zona de Pundanhar, distrito de Palma, e atacaram os militares…

"Emboscada da última semana no norte de Moçambique matou cinco militares"

Grupo armado volta a atacar e faz mais de dez mortos em Cabo Delgado

O ataque começou por volta das 21 horas e 30 minutos da última quinta-feira e durou uma hora. Os habitantes da aldeia de Pequeué, no posto administrativo de Quitarejo, distrito de Macomia, conta que os invasores começaram por disparar para o ar, numa estratégia bem ensaiada para aferir que haviam agentes das Forças de Defesa e Segurança no terreno. Ao se aperceberem que a população estava desprotegida tomaram de assalto a aldeia, disparando contra a…

"Grupo armado volta a atacar e faz mais de dez mortos em Cabo Delgado"

Polícia desmente os ataques e diz que a situação está controlada

Polícia continua com discursos triunfalistas, mas a realidade no local é de terror. Famílias estão a abandonar aldeias, devido aos ataques que, na semana passada, causaram a destruição de cerca de setenta casas. A Polícia da República de Moçambique continua com a sua propaganda de guerra, afirmando que a segurança está restabelecida em Cabo Delgado, mas a situação no local desmente o discurso oficial. Aldeias de Cabo Delgado vivem dias de terror. Na semana passada,…

"Polícia desmente os ataques e diz que a situação está controlada"

Finalmente o Conselho do Estado reuniu-se e condenou o terrorismo em Cabo Delgado

Filipe Nyusi presidiu, na manhã de quarta-feira, à quinta reunião do Conselho de Estado, o qual analisou a situação na província de Cabo Delgado, onde um grupo terrorista tem vindo a decapitar pessoas e a incendiar povoações inteiras. Até agora, já foram assassinadas cerca de cem pessoas, e cerca de duas centenas de casas foram incendiadas. O ataque mais recente aconteceu na madrugada do passado sábado. Nesse ataque, quatro pessoas foram decapitadas, e uma pessoa…

"Finalmente o Conselho do Estado reuniu-se e condenou o terrorismo em Cabo Delgado"

PRM não tem conhecimento sobre os ataques em Palma

O porta-voz do  Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), Inácio Dina,  diz que não tem nenhuma informação sobre os ataques a duas aldeias, no distrito de Palma que culminaram com a morte de quatro pessoas, em Cabo Delegado. É assim como o porta-voz do Comando-Geral da PRM reagiu aos mais recentes ataques no norte de Moçambique, em Cabo Delgado, durante a habitual conferência de imprensa, nesta terça-feira, em Maputo. As imagens de pessoas decepadas, casas…

"PRM não tem conhecimento sobre os ataques em Palma"

Novo Ataque De Grupo Armado Provoca 4 Mortos Em Cabo Delgado

Um novo ataque de um grupo armado provocou quatro mortos e deixou uma pessoa ferida comgravidade, na noite de sábado, numa aldeia remota de Cabo Delgado, província do norte de Moçambique. O ataque aconteceu na aldeia de Macanga, 20 quilómetros a oeste da vila de Palma, sede do distrito com o mesmo nome, disseram fontes locais à Lusa. O grupo incendiou cinco casas da aldeia, acrescentaram. O último ataque tinha acontecido em 22 de junho…

"Novo Ataque De Grupo Armado Provoca 4 Mortos Em Cabo Delgado"

Nyusi diz que Governo será implacável contra autores de ataques em Cabo Delgado

Em mensagem para marcar mais um aniversário da independência nacional, Filipe Nyusi pediu à Renamo que acelere o seu processo de desmilitarização O Presidente moçambicano apelou aos responsáveis pelos ataques armados que desde Outubro passado desestabilizam a província de Cabo Delgado, a cessarem as suas acções e apresentarem as suas reivindicações aos órgãos do Estado. Ao intervir no dia em que se assinalam os 43 anos da independência nacional, Nyusi afirmou, no entanto, que o…

"Nyusi diz que Governo será implacável contra autores de ataques em Cabo Delgado"

Mais cinco mortos no norte de Moçambique

Grupo apelidado de “Al-Shabaab” queimou 160 casas no distrito de Afunji Um ataque de um grupo que se diz de inspiração islâmica fez cinco mortos e destruiu 120 casas às 23 horas de sábado, 23, na aldeia de Maganja, posto administrativo de Afunji, distrito de Palma, na província moçambicana de Cabo Delegado. Fontes da VOA confirmaram que o ataque ocorre quatro dias após um outro ter morto sete pessoas e destruído 160 casas em Macomia,…

"Mais cinco mortos no norte de Moçambique"

Homens armados voltam a atacar em Macomia

Pelo menos cinco pessoas morreram durante um ataque de homens armados na aldeia de Lipandacua no posto administrativo de Chai no distrito de Macomia na província de Cabo Delgado, norte de Moçambique. O ataque, segundo uma fonte que preferiu manter o anonimato, teria ocorrido por volta das 22 horas da última terça-feira. Ainda segundo a mesma fonte, os homens até aqui desconhecidos, teriam criado pânico e ameaçado as pessoas enquanto incendiavam casas na aldeia. Até…

"Homens armados voltam a atacar em Macomia"