Pesquisador moçambicano recebe nota máxima em doutoramento na Universidade de Coimbra

0
117
O pesquisador moçambicano Saide Jamal foi aprovado com pontuação máxima em tese de doutoramento defendida na Universidade de Coimbra, em Portugal

Saide Jamal, natural da Ilha de Moçambique, apresentou uma proposta de orçamento participativo para Moçambique e foi o primeiro aluno a concluir o doutoramento de Direitos Humanos do Centro de Estudos Sociais

O pesquisador moçambicano Saide Jamal foi aprovado com pontuação máxima em tese de doutoramento defendida na Universidade de Coimbra, em Portugal
Saide Jamal concluiu o mestrado em Democracia e Governação, um programa conjunto entre as Universidades de Coimbra (Faculdade de Economia) e Universidade de Siegen na Alemanha – foto: divulgação

O pesquisador moçambicano Saide Jamal foi aprovado com pontuação máxima em tese de doutoramento defendida na Universidade de Coimbra, em Portugal. Ele apresentou um trabalho intitulado de “Papel dos Orçamentos Participativos na Promoção do Desenvolvimento Urbano em Moçambique”, sendo avaliado com o resultado “Aprovado por distinção e louvor por unanimidade”. Além disso, ele é o primeiro aluno da história do curso de doutoramento em direitos humanos a conseguir defender a tese.

A tese foi defendida no dia 11 de julho de 2018. Saide Jamal conseguiu responder a todas as questões levantadas pelo juri composto por 7 docentes, o candidato provou acima de qualquer dúvidas que domina a sua área de pesquisa. Na banca, estavam presentes cinco professores da Universidade de Coimbra, outros de duas instituições portugueses e um professor da Universidade Técnica de Munique, na Alemanha.

A pesquisa do Dr. Saide Jamal produziu vários resultados publicáveis e cientificamente válidos, dentre os quais inclui o grau e a intensidade de participação dos cidadãos em duas áreas urbanas em Moçambique. O mais notável é que a pesquisa concluiu que o orçamento participativo em Moçambique melhora o processo de accountability (conclusão confirmatória), mas, poderá servir como um catalisador para o desenvolviemnto urbano se for diretamente orientado para a promoção da cidadania dentro dos espaços urbanos.

Saide Jamal já havia realizado outra importante contribuição para o desenvolvimento da política e economia moçambicana. Ele concluiu o mestrado em Democracia e Governação, um programa conjunto entre as Universidades de Coimbra (Faculdade de Economia) e Universidade de Siegen na Alemanha, Com isso, escreveu uma dissertação intitulada: “Descentralização e democracia local: mecanismos de participação e prestação vertical de contas dos governos locais em Moçambique – Os Conselhos Consultivos Locais”. Com isso, foi aprovada com 18 valores, em 2014.

DIADEMANEWS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here