Primeiro Secretário da FRELIMO de Boane suspenso por desvio de fundos

Está suspenso o Primeiro Secretário da FRELIMO, no Distrito de Boane, na Província de Maputo, indiciado de desvio de um milhão de meticais.

O décimo primeiro congresso da FRELIMO, havido na Matola em 2017, elegeu o combate e erradicação da corrupção como uma frente a seguir com afinco. O exemplo vem das fileiras do partido. Em Boane, o Primeiro Secretário está suspenso das suas actividades por estar envolvido em actos de corrupção envolvendo um milhão de meticais.

Neste momento seguem as investigações e caso se prove que Custódio Mulhanga desviou o dinheiro poderá perder o posto e em função da gravidade poderá ser afastado das fileiras do partido.

Miramar

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *