No programa da Netflix “My Next Guest Needs No Introduction” o “rapper” Jay-Z revelou a conversa com a mãe Gloria Carter sobre a sua sexualidade.
CELEBRIDADES CURIOSIDADE

Jay-Z chorou de emoção quando falou com a mãe sobre sua homossexualidade

No programa da Netflix “My Next Guest Needs No Introduction” (O meu próximo convidado não precisa de introdução), o “rapper” Jay-Z revelou a conversa com a mãe Gloria Carter sobre a sua sexualidade.

Em conversa com David Letterman, Jay-Z confessou que chorou de alegria ao sentir que a mãe estava livre.

Imagina teres que viver a tua vida como se fosses outra pessoa e pensares que estás a proteger os teus filhos. Para a minha mãe ter que viver como uma pessoa que não era e esconder-se para proteger os filhos… Para não não os envergonhar durante todo este tempo. Ela sentou-se à minha frente e disse ‘Acho que estou apaixonada’. Quer dizer, eu chorei. É verdade”, confessou.

Quando questionado sobre quando é que aconteceu esta conversa, o marido de Beyoncé afirmou que foi há oito meses e que, no dia seguinte, escreveu “Smile”, uma música sobre o assunto que conta com a colaboração da mãe.

Isto aconteceu há oito meses quando comecei a fazer o meu álbum. No dia seguinte escrevi uma música. Eu chorei porque estava tão feliz por ela se sentir livre”.

Curioso, David Letterman perguntou se tinha sido nessa altura que Jay-Z havia descoberto a homossexualidade da mãe e o cantor respondeu negativamente, pois já sabia da orientação sexual da progenitora.

Não, eu já sabia, mas foi a primeira vez que tivemos ‘a conversa’. Foi a primeira vez que ouvi ela a dizer que estava apaixonada pela companheira e eu chorei”, revelou.

Viva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *