Balotelli: “se eu fosse branco teria tido menos problemas”

Sempre polêmico, o internacional italiano Mario Balotelli, numa entrevista concedida à SO Foot, considera ter sido vítima de racismo ao longo da sua carreira.

Nasci e fui criado em Itália, mas as leis só me permitiram adquirir a nacionalidade aos 18 anos. Isto está errado. O país em si não é racista mas há muitas pessoas que são e a mudança está nas mãos de todos. Se eu fosse branco tinha passado por menos problemas. Se fui eu que criei muitos deles? Claro que sim, mas teria sido desculpado muito mais rapidamente, não tenho dúvidas”.

Viva!

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *