Homens armados entregam-se às autoridades em Mocímboa da Praia

0
256
Este é o vídeo que esta a circular nas redes sociais onde mostra os extremistas que aterrorizam a vila da Mocímboa da Praia. Terrorista

Um grupo de homens armados que protagonizam ataques em Mocímboa da Praia, na província de Cabo Delgado, norte de Moçambique, entregou-se as Forças de Defesa e Segurança (FDS) estacionadas naquela região, noticia a AIM.

Os indivíduos alegam que decidiram entregar-se em cumprimento ao apelo lançado pelo comandante-geral da Polícia da República de Moçambique (PRM) como forma de evitar serem considerados terroristas.

Na semana passada, escreve a agência, dois membros deste grupo foram mortos pelas FDS, um dos quais estrangeiro de origem asiática.
As autoridades dizem estar a trabalhar para a neutralização de outros três estrangeiros que se suspeita serem os cabecilhas do grupo.

Os indivíduos referidos terão entrado em Moçambique através da fronteira da Namaacha vindos da Suazilândia, e viajaram para Nampula de autocarro saído da terminal rodoviária da Junta em Maputo e depois num outro para Pemba e depois para Mocímboa da Praia.

A fonte detalha ainda que estes indivíduos desembarcaram a escassos quilómetros da vila-sede de Mocímboa da Praia, tendo sido recebidos por jovens que se faziam transportar em motorizadas que os levaram para as matas.

O balanço das operações que estão a ser levadas a cabo, desde o dia 5 de Outubro último, indica que em conexão com os ataques foram detidas 470 pessoas e lavrados 370 processos-crime e soltos 100 indiciados por falta de provas.

Dos envolvidos 314 são moçambicanos, 52 tanzanianos, um somali e três ugandeses.

Nestas operações foram capturadas sete armas de fogo, 554 munições de pistola e de AK-47 e apreendidas viaturas que eram usadas nas incursões.

O País

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here