Dívidas ocultas: credores dão uma bofetada a Maleane!

0
189
O ministro das Finanças, Adriano Maleane, veio passar vergonha aqui em Londres. Aliás, por culpa dele.todo o povo moçambicano foi vilipendiado
O ministro das Finanças, Adriano Maleane, veio passar vergonha aqui em Londres. Aliás, por culpa dele.todo o povo moçambicano foi vilipendiado

O ministro das Finanças, Adriano Maleane, veio passar vergonha aqui em Londres. Aliás, por culpa dele.todo o povo moçambicano foi vilipendiado. Os credores dos dois biliões de dólares negaram a proposta do Governo da reestruturação da dívida. Adriano Maleane pediu mais tempo para pagar a dívida e redução das taxas de juro em 50 por cento. Os titulares da dívida mandaram-no passear.

É aqui onde está o problema. Por quê passar vergonha se as pessoas responsáveis por essas dívidas existem? Qual é a dificuldades de responsabilizá-las? Onde mora um dos responsáveis, se a PGR não conhece, eu posso indicar. É na Avenida Friedrich Engels, lá para o Miradouro. Está lá a beber whiskies enquanto o povo sofre.

Se o problema está com a Procuradora-Geral da República, Beatriz Buchili, em responsabilizar os autores das dívidas ocultas, então o Presidente Nyusi tem que demiti-la. Não só a ela. A toda a equipa da PGR. Não quer trabalhar. Recebe salários de graça enquanto acoberta ladrões que desgraçaram Moçambique.

É legítimo que Beatriz B uchili mostre algum medo em avançar. Se ela hoje é alta magistrada do Ministério Público é graças a Armando Guebuza. Este continua seu chefe. É preciso ser louco, num país como Moçambique, para mandar prender o chefe. Então demita-a. Refresque as fileiras, Presidente Nyusi.

É que esse medo de se avançar transmite-nos a ideia de que na Frelimo todos estão mancomunados. Saberá alguma coisa o Presidente Nyusi sobre a dívida? Se é inocente, porquê não pressiona os órgãos da justiça para responsabilizarem os prevaricadores? Porquê mandar Adriano Maleane à Londres para passar vergonha?

E o senhor Adriano Maleane também não é de todo inocente. Antes desta nódoa tinha uma trajectória invejável. Se foi a Londres, talvez sem concordar, é porque está feito com os outros. Quer continuar a comer. A mamar das tetas do Estado. Se não concorda com tudo isto, ainda vai a tempo de pedir demissão. Solicite uma reunião com o Presidente Nyusi e diga-lhe que não quer continuar ministro porque a sua imagem está sendo chamuscada com as dívidas ocultas. Quanto dinheiro lhe pagam para aceitar chafurdar na lama?

Não me vão dizer que ele faz parte de uma gangue de máfia. Uma vez membro não se pode sair…

É que na História de Moçambique, o senhor Adriano Maleane vai ficar conhecido como o pior ministro das Finanças que o país já teve. Não foi a mesma coisa com Magid Osman, Eneias Comiche, Tomaz Salomão ou Luísa Diogo. O senhor Adriano Maleane tem em mãos uma batata quente e não consegue descascar. E mais: o senhor Maleane é a cara visível desta tramóia toda. Mandam-lhe para Londres enquanto ficam a degustar vinhos importados. Peça demissão!

O povo também tem que reagir. Chega de que um dia. Isto é evangelho do pobre. Aceita passar por dificuldades na ilusão de que no céu viverá como ricaço. Isso é treta. Os tipos que roubaram o dinheiro do povo estão ai a passear em altas máquinas. Vivem em mansões. O povo anda no “My Love” tipo gado. O povo tem que mostrar um manguito a esses tipos. Tem que reagir. Amansam-no com narrativas de que é patrão, pacífico, resiliente, firme e blá-blá-blá…pronto: fica feliz. Patrão passa fome?

PS. Porque o Presidente Nyusi tem medo da PGR alguém pode responder?

Nini Satar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here