Filho de Mahamudo Amurane reage perante a polémica da mãe e o partido Frelimo

0
337
Um grupo de familiares e amigos de Mahamudo Amurane, autarca de Nampula assassinado em outubro de 2017, anunciou hoje que criou um movimento político inspirado no político

O Filho do saudoso  Mahamudo Amurane partiu em defesa da mãe recentemente  por causa da onda de críticas que ela vem recebendo. Tudo começa quando o candidato da Frelimo as intercalares na cidade de Nampula fez uma visita a viúva de Amurane e por sua vez ela  disse que ia dar apoio incondicional ao candidato da Frelimo.

David Amurane usou as redes socias para deixar seu ponto de vista em relação ao assunto.

Leia abaixo os textos de David Amurane:

Muita gente diz para eu não me meter nesse assunto, mas um filho não pode deixar a mãe ser atacada injustamente e não fazer nada.
Eu tinha pelo menos de mostrar às pessoas o meu ponto de vista.

 

Muita gente julga a minha mãe pelo seu último pronunciamento sobre as intercalares mais metam se no lugar dela:
– Ela ia apoiar o MDM era mesma coisa trair o marido pois na altura era o partido que o perseguia com difamações e ameaça de morte e também o candidato do mesmo partido foi expulso duas vezes pelo pai!
-Apoiar a Renamo ou outros partidos a renamo e outros partidos nunca vieram até ela nem para bom dia!
-A Frelimo tem um candidato estudado que é muitíssimo bom para Nampula porque a nossa cidade precisa de pessoas com visão e estudos para não parar o desenvolvimento e também a minha mãe não foi atrás da Frelimo nem do candidato, eles é que foram até ela pedir voto e ela disse muito bem eu e os meus filhos apoiamos o candidato.
Muita gente diz também que era verdade que o Amurane era da Frelimo mais meus amigos vocês não podiam estar mais errado pois ele quando anunciou a saída do MDM ele não ia para Frelimo mais sim criar um partido novo de jovens com ideas de desenvolvimento tais como ele integrou no município de Nampula.
O partido não se candidatou por agora!pois não tem bases e também está de luto .

Então não julguem sem saber a verdade!

Obrigado, David Amurane.

NB: Os textos acima citados não sofreram nenhuma edição da Redacção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here