Afonso Dhlakama acaba de anunciar que já há consenso sobre eleição de governadores

O líder da  Renamo, Afonso Dhlakama, acaba de anunciar que já há consenso em torno do modelo de eleição de governadores provinciais no país, facto que emperrava o processo de negociações entre o Governo e a Renamo em torno da descentralização no país.

São na verdade três opções que a perdiz propôs ao Governo para a eleição de governadores províncias, segundo anunciou nesta terça-feira o Presidente da Renamo.

Dhlakama disse que neste momento, o seu partido aguarda a reacção final do Governo em torno das propostas, e acredita que uma delas será validada.

Quanto à integração dos homens da Renamo nas FDS, condição básica que a Renamo  exige para sair das matas, Dhlakama afirmou que as negociações junto ao PR  continuam de forma lenta.

Dhlakama afirmou  que, antes do fim do ano, poderá encontrar-se com o Presidente da República no âmbito da busca por uma paz efectiva e confirmou que o encontro da semana passada falhou por razões organizacionais.

O presidente da Renamo negou que tenha havido acordos entre o seu partido e a Frelimo na Assembleia da República para a eleição do provedor da justiça, mas deixou em aberto espaços para negociações com as outras bancadas.

O País

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *