CELEBRIDADES Cultura

Modelo sul-africana eleita mulher mais bonita do mundo (Miss Universo 2017)

A modelo sul-africana Demi-Leigh Nel-Peter foi eleita a Miss Universo 2017 em cerimônia realizada na noite deste domingo em Las Vegas, nos Estados Unidos. A bela de 22 anos deixou para trás outras 91 concorrentes, incluindo a brasileira Monalysa Alcântara – que chegou a entrar no top 10. Esta é a segunda vez na história do concurso que a coroa vai para a África do Sul – a última vez que o país venceu foi em 1978, com Margaret Gardiner.
A cerimônia – que contou com pocket show da cantora Fergie – foi apresentada novamente pelo comediante Steve Harvey, que em 2015 confundiu as vencedoras e anunciou a Miss Colômbia como ganhadora da noite, quando na verdade a vencedora era a Miss Filipinas. Não por acaso, a segunda colocada este ano foi novamente a Miss Colômbia, Laura González, de 22 anos. O terceiro lugar ficou com a jamaicana Davina Bennet, 21 anos.modelo sul-africana
Formada em gerenciamento de marketing, Demi-Leigh emocionou a plateia e os jurados ao lembrar que já foi vítima de sequestro e precisou lutar com o agressor para fugir. Por conta desse episódio, ela desenvolve um trabalho em seu país no qual dá aulas de defesa pessoal a mulheres. Demi recebeu a coroa das mãos da francesa Iris Mittenaere, Miss Universo 2016.
Novidades
A dinâmica do concurso foi diferente este ano. Pela primeira vez, as 92 candidatas foram divididas em grupos regionais – Américas, Europa e África-Ásia-Pacífico – durante a etapa preliminar que selecionaria as 16 concorrentes da noite. Camboja, Nepal e Laos fizeram sua estreia na competição de beleza. Já o Iraque voltou a ter uma representante na disputa depois de quase 50 anos. Representante do Brasil, a modelo piauiense Monalysa Alcântara, 18 anos, foi eliminada no desfile de traje de gala, quando se atrapalhou um pouco na passarela e tropeçou no próprio vestido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *