A viúva do ex-Presidente da África do Sul, Nelson Mandela, Graça Machel, está a considerar uma acção judicial contra o médico do ex-Presidente,
Internacional

Graça Machel ameaça desencadear acção judicial contra médico de Nelson Mandela

A viúva do ex-Presidente da África do Sul, Nelson Mandela, Graça Machel, está a considerar uma acção judicial contra o médico do ex-Presidente, que publicou um livro detalhando os últimos dias da vida de Mandela.

O médico, Vejay Ramlakan, que publicou o livro intitulado os “Últimos anos de Mandela”, é um cirurgião e dirigiu a equipa médica que cuidou de Nelson Mandela até a sua morte em Dezembro de 2013.

“Eu condeno o livro nos termos mais fortes”- disse Graça Machel em comunicado divulgado pela sua Fundação.

“O livro constitui um assalto à confiança e à dignidade de Nelson Mandela”, afirma Graça Machel, no comunicado citado hoje pela Rádio Moçambique.

A obra detalha os últimos anos de vida de Madiba, incluindo momentos íntimos, antes da morte. Detalha a condição, considerada séria, em que foi internado no Hospital do Coração de Pretória a 8 de Junho de 2013. Detalha ainda várias outras doenças, incluindo sangramento de estômago, para além da infecção pulmonar.

O médico descreve por outro lado alguns desentendimentos entre os médicos e a família de Mandela.

Graça Machel afirma que o livro constitui “uma violação da relação médico- paciente de confidencialidade”.

A viúva do ex- Chefe do Estado espera encontrar-se em breve com os advogados do ex-Presidente, com quem pretende debater a melhor forma de proteger o bom nome e a reputação de Nelson Mandela.

Folha de Maputo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *