“Se houver algum ataque terrorista, a culpa será do juiz James Robart” disse Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse este domingo que o sistema judicial do país será culpado «se algo correr mal», depois da suspensão do seu decreto anti-imigração, e que as autoridades examinam «cuidadosamente» os imigrantes que continuam a chegar.

«Não posso simplesmente acreditar que um juiz tenha posto o nosso país em tanto perigo. Se algo acontecer, a culpa será dele e do sistema judicial. As pessoas estão a entrar no país. Más!», acrescentou Trump.

«Dei ordens à Agência de Segurança Nacional [NSA] para examinar muito cuidadosamente as pessoas que chegam ao nosso país. Os tribunais estão a tornar este trabalho muito difícil», escreveu Trump no Twitter.

Na sexta-feira o juiz federal James Robart bloqueou provisoriamente o veto que, desde 27 de Janeiro, impedida temporariamente a entrada no país dos refugiados de todo o mundo e de cidadãos da Líbia, Sudão, Somália, Síria, Iraque, Irão e Iémen.

A Bola

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *