SOCIEDADE

Polícia de trânsito flagrado a estorquir turistas nega as acusações

 O Polícia de trânsito que tem as suas imagens a circular nas redes sociais a extorquir um automobilista nega as acusações.

Trata-se de José Sores, agente da polícia há 25 anos e que era Chefe da Brigada da Polícia de Trânsito na Portagem da Moamba, em Maputo, detido pela Polícia de Investigação Criminal por prática de crimes de extorsão.

Na sua posse, foram encontrados mais de 28 mil meticais, dólares e rands. Ainda assim, o indiciado nega as acusações: Mandei parar o carro e simplesmente alertei que todos os passageiros deveriam colocar o cinto de segurança. Depois de colocarem o cinto, eles foram-se embora. Não recebi nenhum dinheiro por parte dos turistas, o dinheiro que foi encontrado comigo é meu, troquei os Rands porque pretendia fazer compras para passar as festas. Quando fui preso, não estava no horário de trabalho, estava a voltar de uma viagem”, disse José Soares.

O agente foi apresentado hoje à imprensa durante o Briefing da PRM em Maputo. Inácio Dina, Porta-voz do Comando-geral da Polícia diz que foi instaurado contra o indiciado um processo-crime e disciplinar já em curso. Dina disse ainda que o agente será expulso das fileiras.

 

A Polícia fez um balanço preliminar do natal e informou que dezasseis pessoas morreram e outras 58 ficaram feridas na sequência de cinco acidentes de viação. No que concerne a crimes foram verificados oito, com destaque para homicídios, roubos e ofensas corporais. 

Fonte: O País

One thought on “Polícia de trânsito flagrado a estorquir turistas nega as acusações

  1. Sr. Policia, lamento bastante pelo sucedido, as imagens que tivemos acesso falam por si. A ser verdade como e que podemos confiar em vos? 25 anos de serviço, vai parar na cadeia e por fim expulso, qual será o futuro dos seus filhos e ou sua família em geral? Isso deve ser um exemplo para quem segue o mesmo caminho.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *