Armando Guebuza diz que :“Na luta pelo desenvolvimento há momentos altos e baixos, mas isso não deve mergulhar o povo no pessimismo”,

0
68
Ontem Na cerimónia central alusiva aos 52 anos do início da luta armada de libertação nacional, na Praça dos Heróis, em Maputo, não faltou o antigo Chefe do Estado, Armando Guebuza, quem deixou ficar uma apreciação breve sobre alguns pontos atinentes à actualidade do país.
Numa altura em que resgatar a estabilidade política e económica representam os principais desafios para os moçambicanos, Guebuza recuou no tempo, pensou no presente e perspectivou o futuro com optimismo
“O país conquistou a independência, a coisa maior que se possa imaginar. E o país está a caminhar. Obviamente, há altos e baixos. Mas isso não nos deve mergulhar num pessimismo. Não. Nós, os moçambicanos, somos moçambicanos. Temos auto-estima e vamos vencer os problemas que enfrentamos hoje”, disse o antigo Chefe do Estado, sem deixar de se referir à paz que tanto interessa ao país.
“A paz é fundamental para a nossa felicidade como um povo. Por conseguinte, todos nós, independentemente das nossas diferenças, políticas, ideológicas e outras, devemos convergir para que o nosso povo se sinta efectivamte livre e decida sobre o que está e pretende fazer para a melhoria das suas condições de vida”. E Guebuza disse mais, ao ser questionado sobre os caminhos a percorrer para garantir o progresso do país: “existe um programa chamado Programa Quinquenal do Governo. Ali está indicado o caminho que nós devemos seguir para alcançar os nossos desafios, isto é, reforçar a paz e, naturalmente, o desenvolvimento do nosso povo”, terminou.

Fonte: O País

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here