Britânicos escolhem hoje se ficam ou saem da União Europeia.

Os britânicos decidem hoje se o Reino Unido continua como membro da União Europeia ou sai, num referendo que se espera participado e disputado e que ameaça turbulência económica e política em caso de ‘Brexit’.
Os eleitores são chamados às urnas para responder à questão “O Reino Unido deve permanecer como membro da União Europeia ou sair da União Europeia?”, assinalando uma de duas opções -“Permanecer na União Europeia” ou “Sair da União Europeia”.
A Comissão Eleitoral prevê uma participação eleitoral próxima dos 80%.
As sondagens, que até ao final de Maio davam vantagem ao “Permanecer” (“Remain”) para nas duas primeiras semanas de Junho apontarem para uma vitória do “Sair” (“Leave”), davam na véspera do referendo um empate técnico, com ligeira vantagem para o “Permanecer”: 45% pela permanência, 44% pela saída e 11% de indecisos.
A campanha foi protagonizada, do lado do “Remain”, pelo primeiro-ministro, David Cameron, e, do lado do “Leave”, pelo ex-presidente da câmara de Londres e potencial sucessor de Cameron no partido conservador, Boris Johnson, e pelo líder do eurocético Partido da Independência do Reino Unido (UKIP), Nigel Farage.
O assassínio da deputada trabalhista Jo Cox em campanha pela permanência na UE, uma semana antes da consulta, dominou a campanha, com ambos os lados a suspenderem todas as acções por três dias e a reduzirem o tom crispado que marcou as semanas anteriores.
Os resultados devem começar a ser divulgados no final da madrugada ou princípio da manhã de sexta-feira.

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *